Caixa D’água Para Todos é lançado em Belém e primeiros reservatórios são instalados

Nesta terça-feira (15) foi realizado o ato de lançamento do programa Caixa D’Água Para Todos, que irá beneficiar mais de 50 mil pessoas em 16 bairros e outros quatro distritos de Belém. Com recursos do Governo do Estado, a Companhia de Saneamento do Pará irá distribuir e instalar 11.060 caixas d’água até o fim deste ano.

A aposentada Lúcia Santos, moradora do bairro de Canudos, foi uma das primeiras beneficiadas. Ela contou que sempre quis ter uma caixa d’água em casa, mas nunca teve condições de comprar uma. “Nosso projeto era fazer esse serviço, mas infelizmente, a gente não tinha condições. Estou satisfeita porque a gente não vai ter tanto problema com a falta de água. É um dever que estão fazendo, estão devolvendo aquilo que a gente paga de imposto. Eu estou feliz, não vou ter mais problema de água, quando faltar não vamos mais ficar no sufoco”, comemorou.

O programa foi anunciado na segunda quinzena do mês de agosto e iniciou com a inscrição de moradores seguindo o sistema de cadastro existente na Cosanpa. Agora, as primeiras caixas d’água já estão sendo instaladas. O governador do Pará, Helder Barbalho, participou do ato de lançamento que ocorreu hoje na sede da Cosanpa, no bairro de São Brás.

“É fundamental que nós possamos resgatar os serviços da Companhia de Saneamento, por muito tempo a Cosanpa ficou sucateada, e o resultado disso é a interrupção do serviço, e também serviço de baixa qualidade e baixa eficiência na entrega deste benefício. O que nós estamos fazendo neste período de 1 ano e meio é recuperar a Companhia, fazendo investimentos, qualificando a mão de obra, motivando os profissionais e, claro, eficiência, diminuindo as perdas de água e recuperando o nosso sistema. Porém, nós entendemos que a população não pode esperar que tudo seja recuperado para que o serviço possa estar plenamente ofertado para sociedade, e é por isso que o programa Caixa D’Água para Todos busca minimizar este sofrimento garantindo que as comunidades que moram em bairros que tenham mais incidência de interrupção possam ter esse benefício para ter estoque de oferta hídrica”, garantiu o chefe do executivo.

A Secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, que ainda em 2019 participou das primeiras reuniões sobre a possibilidade de execução do programa também esteve presente na ocasião. “Estamos muito felizes em estar fazendo esse investimento do Governo do Estado de R$26 milhões de reais na área de abastecimento de água para população. Esse programa é muito importante para assegurar que as famílias tenham condições básicas, como ter água em casa, então a gente está investindo na área de saneamento e abastecimento de água para ajudar a população mais necessitada do Estado para que ela possa garantir pelo período de 24 horas uma reserva na sua residência de água”, ressaltou a titular da Seplad.

Entre as autoridades que também vieram conhecer o programa estiverem o vice-prefeito de Belém, Orlando Reis, e a deputada estadual Renilce Nicodemos (MDB). “A gente sabe do histórico de falta de água em Belém, um problema que a população reclama bastante e este é um momento importante. O Governo do Estado resgata essa perda que a população teve ao longo do tempo, então 11 mil caixas d’água significam 55 mil pessoas beneficiadas, fora isso tem também a mudança de tubulação que Belém percebe, mais de 100 quilômetros que o Governo está investindo que vai produzir uma melhoria espetacular na distribuição de água de Belém”, lembrou o vice-prefeito da capital. “A Cosanpa e o Governo do Estado estão fazendo um grande investimento na melhoria da nossa água e isso para mim, hoje, é levar dignidade a cada um que tanto esperou. Eu, como moradora da região metropolitana só tenho a agradecer ao governador Helder Barbalho e parabenizar a Cosanpa pelo projeto”, disse Nicodemos.

 

O programa irá beneficiar clientes da Companhia que possuam até 4 pontos de água em casa, estejam em dia com as contas ou tenham interesse em negociar débitos, sejam residentes dos bairros selecionados e a residência tenha condições de receber a estrutura da caixa d´água. O objetivo é beneficiar pessoas que sejam de baixa renda e sofram com as interrupções de água nos bairros Pedreira, Curió-Utinga, Marco, Guamá, Jurunas, Sacramenta, Barreiro, Telégrafo, Condor, Cremação, Terra-Firme, Benguí, Mangueirão, Tapanã, Pratinha, Canudos e nos distritos de Icoaraci, Mosqueiro, Outeiro e Cotijuba.

“Nós tivemos essa ideia a partir do momento que verificamos que as nossas redes estavam melhorando, que estavam com mais pressão, mas mesmo assim continuávamos recebendo muitas reclamações de falta de água. Nós constatamos que a população não tinha caixa d’água, então tivemos a iniciativa de fazer o programa Caixa D’Água para Todos, onde nós vamos instalar caixas d’água para que a população possa ter um abastecimento de pelo menos 24 horas, quando tivermos a necessidade de fazer algum serviço de manutenção ou operações que necessitam a interrupção do abastecimento, elas possam mesmo assim ter água para seus afazeres domésticos. O nosso programa é para população de baixa renda, estamos com equipes fazendo cadastro e a partir disso faremos as instalações, é um programa gratuito, após as instalações a pessoa só precisa seguir em dia com a Companhia. Nós temos uma previsão de 11.060 caixas, beneficiando mais de 50 mil habitantes”, explicou o presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis.

Claudete Alves é moradora do bairro da Terra-Firme, foi uma das selecionadas, fez a inscrição e já recebeu a caixa d´água em casa. “Nunca pensei em ter uma caixa d’água, fiquei tão alegre porque ganhei essa caixa d’água. Dava pouca água, bem fraquinha para fazer comida, lavar roupa, tomar banho, agora melhorou muito. Agora eu fico despreocupada, não tem mais aquela agonia de encher balde quando falta água, era assim. Mas, agora despreocupada, graças a Deus! Eu agradeço muito ao governo, à Cosanpa, muito obrigada, mesmo”.

 

 

Compartilhar no: