Feminicídio é tema de palestra para funcionários no Complexo Bolonha

Em um momento em que a violência contra a mulher é amplamente debatida e a cada duas horas, uma mulher é assassinada no Brasil, segundo levantamento divulgado pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública (que considerou dados de 2016 e 2017), a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) resolveu levar o tema aos operários da obra do Complexo Bolonha nesta segunda-feira (18). Foi realizada uma roda de conversa e ao todo participaram do evento 64 funcionários, muitos deles disseram que esta foi a primeira vez que debateram o assunto.

A Assessoria de Programas Sociais planejou uma palestra voltada principalmente para os homens, levando até eles índices atualizados sobre o feminicídio e as diversas formas de violência enfrentadas pelas mulheres. Para seu Judson, servente no complexo, a palestra teve grande importância. “Acredito que palestras como essa fazem a gente pensar em nossas famílias e também no próximo, fazendo com que a gente se mantenha em alerta contra este tipo de violência. Todos nós temos mães, filhas, irmãs, e não queremos que atos assim aconteçam com os nossos familiares”, disse.

De acordo com as técnicas sociais Edinalda Barbosa e Noemy Martins, essa foi a melhor maneira de introduzir o assunto no universo masculino e fazê-los refletir sobre os riscos que a mulher enfrenta. A assessoria de programas sociais da Companhia desenvolve, ao longo do ano, projetos de conscientização e esclarecimento para os funcionários da Cosanpa.

(Texto: Kaliu Andrade)

Compartilhar no: